Logo Real Assessoria
Ícone Telefone (014) 3283 - 3609
Ícone Celular (014) 99101-6015 ADALTO DA SILVA
Ícone Telefone (014) 997114122

Treinamentos

Brigada de Incêndio

Conforme Instrução Técnica IT-17 o​Estabelecer as condições mínimas para a composição, formação, implantação, treinamento e reciclagem da brigada de incêndio para atuação em edificações e áreas de risco no Estado de São Paulo, na prevenção e no combate ao princí- pio de incêndio, abandono de área e primeiros socorros, visando, em caso de sinistro, proteger a vida e o patrimônio, reduzir os danos ao meio ambiente, até a chegada do socorro especializado, momento em que poderá atuar no apoio.

A brigada de Incêndio se refere ao grupo de profissionais que pertencem a uma força de segurança e que estão organizados e preparados para atender qualquer tipo de acontecimento de risco que traga perigo à população da empresa.
Isto é, basicamente, a brigada de Incêndio é um corpo de elite preparado para atender uma situação caótica e de emergência.

Estas brigadas podem atuar em vários tipos de cenários, tais como incêndios, vazamentos de gás, desmoronamentos, terremotos, enchentes, epidemias, explosões, atentados ou qualquer ato criminoso, entre outros.

Os indivíduos que integram uma brigada de emergência devem ter formação e capacitação para desta forma poder agir com eficiência nos sinistros solicitados.

No entanto, devemos citar que a ação de uma brigada está apoiada em três pilares fundamentais que devem atuar de maneira coordenada: os primeiros socorros, a evacuação e o resgate de pessoas.

Ter conhecimento sobre primeiros socorros é fundamental para uma brigada de emergência, sendo que todos os membros, sem exceção, devem ter conhecimento. Na maioria dos casos, que necessita da intervenção de uma brigada, deve-se primeiro atender os feridos para depois encaminhá-los a um centro de atendimento médico. Jamais deve faltar um estojo de primeiros socorros com todos os elementos e utensílios que permita um atendimento eficaz em todos os sentidos.

Outra ação realizada por este corpo é a evacuação das áreas críticas, por exemplo, no caso de um deslizamento de terra, deve-se organizar uma saída estratégica para todas as pessoas que se encontram em perigo e assim evitar uma tragédia maior. Além disso, deve haver ruas e rotas de saída que facilitem uma evacuação de maneira ágil.

E finalmente, em alguns sinistros, é preciso resgatar e procurar pessoas que ficaram perdidas ou presas sob os escombros. O treinamento por parte da brigada é fundamental para saber como agir diante de uma área crítica, evitando colocar em risco suas vidas e das pessoas que estão em perigo.

 

Skype: diniz2008fb@hotmail.com